Pró-Gestão
19/03/2020

Maringá Previdência conquista certificação no Pró-Gestão Nível II

Após a adesão ao Programa de Certificação Institucional “Pró Gestão – RPPS”, criado pela Secretaria de Previdência do Ministério da Economia, que tem o objetivo de incentivar os Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) a adotarem melhores práticas de gestão previdenciária, baseadas nos pilares: Controles Internos, Governança Corporativa e Educação Previdenciária; os servidores da Autarquia com o apoio dos Conselhos de Administração e Fiscal, Controladoria Geral do Município, Ouvidoria e Centro de Tecnologia da Informação implantaram ações, elaboraram relatórios, bem como revisaram processos de trabalho a fim de atender os requisitos mínimos de ações de boas práticas de gestão previdenciária para certificação no nível II.

O principal objetivo da certificação no âmbito da Maringá Previdência é a melhoria na organização das atividades e processos, possibilitando assim uma melhor prestação de serviços aos nossos segurados.

As principais ações pautaram-se na elaboração de manuais e mapeamentos de processos, código de ética, relatórios de controle interno, plano de ação e plano de capacitação, bem como na elaboração do relatório de governança e maior transparência com a publicação de informações no site da Maringá Previdência.

De acordo com o Manual do Pró-Gestão, apenas instituições credenciadas pela Secretaria de Previdência podem auditar e credenciar os RPPS, a certificadora contratada para auditar as ações da Autarquia foi o Instituto de Certificação Qualidade Brasil (ICQ Brasil), a auditoria in loco ocorreu nos dias 27 e 28 de fevereiro, realizada pelo auditor Uira Alcides Gomes Rosa. A Autarquia recebeu o certificado no dia 09 de março, com validade até 27/02/2023.

No Brasil existem 2.123 RPPS, incluindo a União, os 26 Estados, o Distrito Federal e 2.095 dos 5.570 municípios, e de acordo com relação da Secretaria de Previdência até o dia 13 de março deste ano, 60 RPPS estavam certificados, sendo que Maringá foi o 58º no Brasil e o 3º no Paraná.

Fonte: Maringá Previdência